mon petit aquarium
"There was a point to this story, but it has temporarily escaped the chronicler's mind." Douglas Adams
05
Ago 07

Chamo-lhes teorias porque apesar de me parecerem mais ou menos óbvias, a verdade é que não percebo nada do assunto. Por isso resisto à tentação de lhes chamar constatações e fazer figura de estúpida.

teoria nº. 1 - Pressão Arterial e RPM da Música
Acho que a música que ouvimos preferencialmente está directamente relacionada com a pressão arterial.
Dizem que a música acelerada pode provocar um aumento do ritmo cardíaco. A única coisa que eu defendo é que, assim como por vezes temos necessidade de açúcar ou de sal, também temos, inconscientemente, de algo que suba a tensão.
Assim, as pessoas de ritmo acelerado preferem música calma e as de tensão baixa algo mais rápido. Tão simples que até dói.

teoria nº. 2 - Frio/Calor e Temperatura Corporal
Esta parece-me ainda mais simples.
Há, evidentemente, pessoas que têm menos frio que outras.
É sabido também que a temperatura do corpo pode variar ligeiramente de pessoa para pessoa.
Ora se o frio está relacionado com a diferença de temperatura entre o corpo e o ar, nada me parece mais natural que dizer que as pessoas que têm mais frio são as "mais quentes". O intervalo é para elas maior do que para as pessoas com temperatura corporal mais baixa.
Da mesma forma, são as "mais frias" as que mais sofrem com o calor.
(Parece-me óbvio que este não seria o único factor.)


Escrito em Vilamoura. Publicado a 10 de Setembro de 2007 (Lisboa).
publicado por mim às 16:29
música: i'm so free - lou reed
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog
 
RSS
música