mon petit aquarium
"There was a point to this story, but it has temporarily escaped the chronicler's mind." Douglas Adams
17
Jul 08

Antes de mais, o glorioso link.

 

 

Por onde começar? Vamos despachar já os créditos.

Temos os protagonistas: Neil Patrick Harris, de How I Met Your Mother (Foi Assim Que Aconteceu), e Nathan Fillion, de Desperate Housewives, Firefly e Serenity.

 

O que me leva ao criador do universo Firefly/Serenity - Joss Whedon. Esse grande senhor é também o criador do universo Buffy, e espera-se para breve a criação de mais um universozito (Dollhouse). Aqueles que estão familiarizados com a obra do senhor não se espantarão com o conteúdo do Dr. Horrible. Mas este não foi um trabalho a solo. Segundo reza a lenda, por altura da greve dos argumentistas, os três irmãos Whedon (Jed, Joss e Zack) (parece que o talento é coisa de família) e a noiva de um deles - Maurissa Tancharoen -, por casa e sem nada que fazer resolveram escrever qualquer coisa em família.

 

E saiu isto.

 

Mas, não contentes com terem escrito isto, resolveram que iam tentar uma nova abordagem à partilha das suas artes. Decidiram então pôr os 45 minutos (em três partes) da aventura feita por profissionais tentando ser amadores na internet. De graça. Para todos. Mesmo.

 

Então, perguntam vocês, eles vão perder dinheiro com isto? Claro que não. Pensem Radiohead, versão cinematográfica e com alguns ajustes. Primeiro disponibilizam ao longo de uma semana e gradualmente as três partes do "episódio" no seu site. Tudo de graça. Ao mesmo tempo e para os mais excitados já está à venda (pelo que ouvi dizer, porque como não sou jornalista posso dar-me ao luxo de não verificar todas as fontes antes de publicar) no iTunes. À venda estão também umas quantas t-shirts...

 

O plano (aqui descrito em maior pormenor, e com mais graça do que eu) é lançar depois um dvd e um cd e mais merchandise, e conseguir a partir daí pagar a todos os envolvidos, bem como gerar algum lucro. E mostrar às grandes empresas que há outras maneiras de fazer dinheiro.

 

E reparem no milagre. O vídeo está disponível através do Hulu, site que normalmente não funciona fora dos EUA... Claro, que não foi tão simples quanto parece contado assim, mas o fundamental é saber que eles fizeram isto funcionar de tal forma, e sem recurso a marketing, que o site não aguentou a afluência no primeiro dia.

 

Posso concordar que os primeiros minutos da primeira parte são um bocadinho chatos para quem não tem paciência para estas coisas e não tem razão nenhuma para ver para além de uma posta de pescada como esta que alguém mandou para a net. Mas aguentem-se que vale a pena.

 

Sobre a história mesmo... Só posso dizer que adoro a fórmula - o mau não é assim tão mau quanto parece e o bom... com toda a certeza não é perfeito. E confessem lá que no fim do segundo estão todos a torcer pelo Dr. Horrible...

 

Para os interessados (que espero sinceramente sejam todos os que se deram ao trabalho de ler isto) aqui ficam as datas chave:

Primeira parte disponível a partir de dia 17 de julho

Segunda parte disponível a partir de dia 17 de julho

Terceira parte disponível a partir de dia 19 de julho

Todas as partes estarão diponíveis gratuitamente até à meia noite (americana) de dia 20 de julho.

 

NÃO PERCAM...

publicado por mim às 22:57
sinto-me: with the silly
música: bad horse, bad horse
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
31
pesquisar neste blog
 
RSS
música